EDUARDO

performance art



-

O esperanto é um instrumento de expressão linguística regular. Essencialmente neutro, foi criado pelo médico e estudioso de línguas polonês Ludwig Lazar Zamenhof para auxiliar a comunicação internacional. Das 300 línguas mais faladas no mundo, com 2 milhões de falantes. O esperanto é um instrumento de resistência. Quando Zamenhof volta de Moscou para Bialystok, descobre que seu pai queimara todos os manuscritos do seu idioma. Reescrito tudo, a língua é lançada em 1887. Em 1954, a UNESCO reconhece formalmente o valor do esperanto para a educação, a ciência e a cultura. A supremacia de uma língua sempre esteve ligada à supremacia política e econômica de um povo sobre os demais. Não sendo língua oficial de nenhum país, o esperanto é difundido graças ao trabalho dos esperantistas.

Semana Nacional de Museus - MusA, Curitiba / 2017
CARDOSO AMATO